Tânia Mara Camargo: O VISTIDU DE NOVIA DA SINHÁ Arranjandu...

O VISTIDU DE NOVIA DA SINHÁ
Arranjandu o casório
(Tânia Mara Camargo)


Óia o vistidu já provei,
Mai u noivu num podi
Vê, dá azá.

U ternu pro ce já
Incumendei,
Um tar de Armani
É qui vai fazê.
Ce vai ficá bunito
Pra fotografá.

Minha ropa é lá
Da rua São Caetano
Di São Paulo, capitã.
Mai o sapato é di grifi,
É chiqui,
Num sei escrevê dereito
É Czarina ligítima.

Ce num sabi qui qui é
Grifi ?

A madinha Tânia Voigt
Qui mi insinô.
Dissi qui é coisa da arta
Roda.
Num sei desta coisa,
Só intendu di roda
Caipira i roda di
Carroça.

Nóis vá tê cunvidadu
Importanti,
Dexei cum ela
Inté a preparação
Dos cunvite.

Nóis num pode fazê feio,
Porque vai ta lá
Inté o prefeitu.

Inserida por anaferreira