Tânia Mara Camargo: APREPARANO O CASÓRIO PELA SINHÁ...

APREPARANO O CASÓRIO PELA SINHÁ
(Tânia Mara Camargo)

Óia meu noivo, nóis já tamo mais Intimu,
Entonces vim dizê pro ce qui
Tô apreparano u casório.

Tô fazendu uma (CPI) das coisa
Que vô levá.

Tem cá um porco gordo,
Que gosta das verdinha,
Ele usa cueca pra modi
Guarda as notinhas.

Tem um galinho ganizé,
Bão, é brabu como o quê.
Só vendo mesmo,
É miudinho qui nem u
Salário mínimo.

Tem um burro que odeia
Manifestação púbrica,
Num pode falá nada
Que ele dá cada patada.

Ce já cato corrupto na praia?
Aqui na roça tem de monte,
Num pricisa i no mar não,
Adepois explico mio.

Bão, to catando tudo o
Que me apertence.
To dispidindo dos parente.

Num esquece:
Ce vai tê qui mi declará
No impostu de renda.
Porque sinão além dos
Bichos que vô levá,
O leão vai te visitá.

Inté.
Porque beijo e chamegu
Só adepois do casório.

Inserida por anaferreira