Poeta Caipirinha: QUISERA IÊU! (Poeta Caipirinha) Quisera...

QUISERA IÊU!
(Poeta Caipirinha)

Quisera iêu
Sê cheradu cum seu orfatu e alí se prendê comu um prefume mágicu
Sê os brilhá du seu oiá e alí se prendê a iluminá seus caminhu e sempri nêis me incontrá
Sê o gostu da sua bôca e alí se prendê e sempre iêu ocê prová
Sê o ar que ocê respira, sê sempre inspiradu e nunca ocê mi expirá
Sê o que ocê iscuita pra sempri a me orvi dizênu: - amo ocê!
Sê o que faiz batê seu coração e sempri dentru dêli iêu está e ni ocê circulá
Sê seu cravo, seu jasmim e vivê senu cuidadu nu seu jardim
Sê, um dia, o seu amô... e sempri ansim continuá

Quisera iêu
Sê simprismenti todus seus sintidus
Sê arguém pra ocê
E nunca mais me vê perdidu

Quisera iêu!...

Inté, intão! E um abraçu beim apertadu du cumpadi Caipirinha!

Inserida por anaferreira