Thiago I. Capilé: Pensais, pensais, pensais (...) e nada...

Pensais, pensais, pensais (...) e nada porém pensais
Deixai- vos inquietos por minutos que verás que inquieto ficarás por horas.
Provocai- vos de forma insípida que terás de forma ativa
resposta audaz e furtiva.
Contudo, deixai- vos inquieto o coração - que a ele lhe voltará a resposta tão ligeíra que te intrigarás
Deixai o coração, que pois a ele não o deixará de forma alguma
Deixai e deixai e deixai muito mais, que a ele outros virão
e deixarão
e irão
e voltarão
e contaminarão muito mais do que pensas ou imaginas
Apenas lembre que tens muito mais do que pensas
e muito mais do que imaginas
Pensai mas não deixai, fazei para não irritar a vos mesmo
Porém fazei com Orgulho e honra
Fazei - mas deixai - mas Olhai adiante
Olhai
e olhai
pois algo te ilumina
Assim é o Futuro
que não o sabemos nem tão pouco temos
quiça o tivessemos em bolsa ( para abrir a vontade )
Entremente (...) o Sabemos.
Tente
'... o pode!'
e com Prazer
Faça- o
Tente
Não deixe de tentar
Tente
(!).

Inserida por thiagoicapille