Jaak Bosmans: Futuro conjugado De virtudes e...

Futuro conjugado

De virtudes e cumplicidades se refez passados
Nunca como o presente vivido em tantas agonias
Passado de glória do sangue inocente
Se é que possa existir algum sangue culpado.
Desfez-se a humanidade em pretéritos inacabados
Em mais do que perfeitos sinais de decadência
De tudo que construímos no presente imperativo
Sem nenhuma importância do afirmativo ou do negativo,
Desde que o imperfeito conceda lugar à desesperança.
Mas jamais se esquece dos inesperados intransitivos.
Que tardam aconteceres e precipitam o final das histórias.
Apenas para se fazer Verbo e voltar a existir entre nós.
E assim já sinto saudades.
Saudades do futuro.

Jaak Bosmans 14-02-09

Inserida por JaakBosmans