Ricardo Reis: Coroai-me de rosas, Coroai-me em...

Coroai-me de rosas,
Coroai-me em verdade,
De rosas —

Rosas que se apagam
Em fronte a apagar-se
Tão cedo!

Coroai-me de rosas
E de folhas breves.
E basta.

Nota: Poema de Fernando Pessoa (heterônimo Ricardo Reis).

Inserida por soeduarda