Grazielle Soares: Sabe, sou tão egoísta que só sei...

Sabe, sou tão egoísta que só sei dividir a dor com os outros. A felicidade eu prefiro engolir logo, beber rápido, tomar escondida pra não ter que oferecer e nem saberem que eu tenho. Como se fosse um mérito, uma disputa. Quem aqui é mais infeliz e problemática que eu? Era confortante, era segurança pura em ver, pessoas me dando as mãos, com peninha dos meus amores inventados dores latejantes, fraturas expostas aonde, só eu enxergava e reclamava há todo tempo.

Inserida por grazijf