Aline Marques da Rocha: Escolhi ser... "Sabe, recordando...

Escolhi ser...

"Sabe, recordando tudo o que passei...
Sinto: Ah, que louca vontade de ser tudo e mais um pouco do que eu escolhi ser.
Pois a melhor coisa desse mundo é sermos o que realmente somos.
E não há pessoa melhor pra dizer: quem e como somos, do que nós mesmos.
Foi difícil escolher ser o que sou.
Deram-me várias escolhas.
E quando falo que me deram, me refiro a Ele.
Ele me deu várias escolhas.
Deu o direito de escolher os caminhos, as direções e até mesmo a velocidade.
Foi tão difícil ser quem hoje sou que não abro mão de mim.
Fiz a escolha de ser indecisa, ou seja, não fiz escolha alguma. Ah, ignorem a contradição.
Assim eu poderia ser um pouco de cada opção.
Poderia fazer parte de um todo, unindo infinitos pedaços.
O que sou então? Sou um quê de mistério misturado ao um quê humano.
Tenho tantas máscaras guardadas, que me surpreendo ao usar inconscientemente alguma que desconheço.
Troco de máscara à velocidade que a vida pede mais de mim.
Posso ser delicada feito os lírios ou perigosa que nem espinhos de roseira.
Pois sei ser muito romântica, carinhosa, protetora, mas sei ferir também.
Sabe, eu escolhi ser tudo o que reflete de mim a mim no espelho.
Prefiro ser completa sendo eu, a ser incompleta tentando ser alguém.
Decidi ser "boa" e "ruim"... Escolhi ser de carne e osso (humana).
Enfim, prefiri ser essa metamorfose ambulante.
Acima de tudo, ser uma original impecável. "

Inserida por alinerocha