Agnaldo alves pereira vulgo goiano mesmo: Um dia fui nu mercado fazê umas...

Um dia fui nu mercado fazê umas comprinha, i nu finar das compra ganhei um cupãozim concorreno um carro o km.
Nu dia du sortei tava ieu lá, cês num cridita quem qui ganho u carro? Foi ieu mesmo, fequei filiz dimais da conta, ieu tinha um sonho des de minino qui era di pesca nu pantanar du matu grosso, pensei gora ieu rializo meu sonho, i assim fiz.
Vindi u carro cunvidei 3 amigo, u bagassera,u zoim e,u mandruva, luguei uma vam i fumo nóis rumo ao pantanar, cheganu lá paremo nim Poconé, uma cidadinha bem na entrada du pantanar, sentemo num buteco pra toma uns gorozim, tomemo umas 2 garrafa di pinga, nóis já tava bem alegre, compremo uns trenizim, mais umas pinga, i seguimo pra transpantanera, uma ruduvia qui tem nu pantanar, iela mede 120 km i tem 95 ponte, dentre tanto corgo inscoiemo 1. U chofe paro dibaxo duma figuera i nóis fumo tudu imporgado lá pra bera du corgo, nóis i mais umas pinga, sentemo numa tora, num sei si porque nóis tava mei arterado, a tora iera toda rachadinha i da largura dum galão di 20 litro daques di pô querosene pra lamparina, joguemo u anzor nágua i tamo lá pescano mais nóis tava notano qui paricia qui a tora qui nóis tava sentado mixia i andava um tiquim, aí nóis falava um pru outro:
- Nóis vai te qui dá um tempim na pinguinha si não daqui a poco nóis cumeça a vê coisa qui num tem!
Mais foi só fecha a boca, cumeço parece uma tora du mesmo tipim daquela qui nóis tava sentado na nossa frente, oiemo um pru otro i falemo:
- Nóis tá e ruim mesmo sôoooooooo!!!!!!
Passo uns sigudim sintimo uma baforada quenti bem nu rumo da nossa nuca, qui oiemo era a boca duma sucuri, oiemo pru otro lado i cumecemo a oia u trageto qui a tora qui nois tava sentadu fazia, tivemo otra surpresa... iela ia lá na frenti fazia uma curva, vinha, vinha, i u finar era a boca da sucuri, só num caguemo pruque num tinha mercaduria feita, mais mijá, aí nóis mijemo, foi nossa sorte, ieu acho qui aquela sucuruzinha nera muito chegada ni arcoo não! Hora quela sintiu u chero das mixada iela casco fora, sumiu na quissaça, falei prus meu cumpanhero:
- Só Jesuis na causa! Pena qui ieu num tem mais tistimunha du contecido, dispois disso mudei di cidade i perdi u contato caques cumpanhero.

Inserida por goianomesmo