FABIO JUNIOR: Amor De Outras Vidas Como te reconhecer...

Amor De Outras Vidas

Como te reconhecer quando de novo te encontrar
Se nem mesmo vou saber como quando em que lugar?
O mundo guarda muitas voltas
Em outro tempo eu vou parar
Sem perguntas nem respostas eu te encontro num olhar
Em outro corpo outro universo
Outro poema em outro verso
Em outro sol em outra lua
Nos braços de outra pessoa
Vou abrir as portas do meu desejo
Reviver nosso último beijo
Embriagar de loucura a lucidez
Só pra poder te tocar e te amar outra vez
Se eu pudesse congelar pelo menos um momento
Depois imortalizar um sonho o nosso sentimento
Esse amor de outras vidas transende as leis do coração
Não aceita despedidas e a vida eterna essa paixão...

Inserida por usuario93023