Lazaro ex uludum: Sempre que olhei pra mim por dentro Só...

Sempre que olhei pra mim por dentro
Só encontrei sofrimento
só encontrei dor
conflitos e rancor
Eu desejei alguém pra me ajuda a mudar.
Pra me amar.


Finalmente alguém me amou
Amor de verdade
Sem limites me amou
Amou totalmente.
Me amou do jeito que eu sou
Mesmo como eu sou me deu amor
Amor de verdade.

Aquele que me amou
Me ensinou a amar
O mesmo que me amou
Me ensinou a perdoar
E fez de mim mais que um vencedor
Ah! O amor...

Finalmente alguém me amou
Amor de verdade
Sem limites me amou
Amou totalmente,
me amou do jeito que eu sou
Mesmo como eu sou me deu amor
Amor de verdade.
Ah, o amor... O amor...

Inserida por luisotavio