Débora Mercês: A dor que vaga , pelo vazio do meu...

A dor que vaga , pelo vazio do meu corpo,
que bate nas paredes sem exclarecimento,
que expressa a vontade, que indica os defeitos.
que diz o que é certo e errado,
Que dor é esta?
que deixa impune os erros ocultos,
que diz o valor de viver,
que deixa o coração em prantos,
e que agora corre o pranto,
que é a dor de amar vc.

Inserida por Merces