Diogo Crescenti (Don): Meu Mundo De repente, me vejo num...

Meu Mundo

De repente, me vejo num planeta,
um planeta que criei longamente
No mundo dos abraços
No mundo dos teus braços,
nao tem lua nem estrela
Não tem eira, nao tem beira
Não sei se é amor se é paixao,
que confusão
É meu mundo, minha namorada,
terra estranha, por mim habitada
Meu planeta, minha namorada
Terra estranha por mim habitada
É o começo, meu fim, meu meio
Perco minha vida
e me enterro no seu seio
É meu mundo, minha namorada
Terra estranha por mim habitada
Um planeta, sem lua nem estrela
Um planeta, não tem eira, nao tem beira
Neste mundo
Finquei minha bandeira
Meu planeta, minha namorada
Terra estranha,
por mim habitada

Inserida por don2005