Claudio maut: Gritos! Olho pro mundo e vejo pessoas se...

Gritos!
Olho pro mundo e vejo pessoas se odiando, sem ter por que, Como vamos suportar? Como?
Não á o que fazer? A situação se alastra foge do alcance da mão crianças pedem o que comer, e nós negamos o pão. Como posso suportar? Como? Ouvir o grito da multidão, carente de alimentação. A quem pediremos ajuda? Já não posso mais olhar o meu povo sofrer fecho os olhos e me despeço;
Já não posso suportar esta sina.
Já e hora de ser insensível cerrar os olhos ao óbvio e não temer a morte, com o sol quase a pino e como descansar a cabeça na pluma das omições.
Mais é porque não desisto, somos fortes demais para tanto, se tivesse uma chance acostumaria a minha presença a solidão do mundo. Por motivo de força maior
Outro dia protegi a verdade pensando que a respeitassem, pintei de bolinhas azuis a iniqüidade incolor daqueles que nem se importam com o humano da gente.
Transformando-se sem cura e sem sentimentos.
Porem declaro aos amigos Serei insensível aos famintos.

Inserida por trenkes