Samir Querino: O Vale das sombras "Caminhei por...

O Vale das sombras

"Caminhei por horas e horas, não achei o que eu procurava
Caminhei dia após dia, encontrei o que não merecia
O amor traçou o caminho que tão feliz eu trilhava
Caminhei por toda uma vida, mas perdi tudo o que eu tinha."

Como conviver com a escuridão
se o sol iluminava o meu viver?
Como me deitar com a solidão
depois de ter sonhado com você?

No escuro desta vida tenho vagado
Quisera eu, morrer de uma vez
Sozinho, sem ter você do lado
meu pobre coração não se refez

Como posso aceitar o silêncio
depois de ter ouvido sua voz?
Como posso não chorar - eu penso...
se o desejo de chorar é feroz?

O silêncio me embriaga o pranto
que o orgulho não deixa sair
Não pensei que doesse tanto
para uma única lágrima cair

Lágrimas de arrependimento...
Ou lágrimas de dor
De angústia, sofrimento...
Talvez lágrimas de amor

Vaguei por muitas léguas
não cheguei a nenhum lugar
Eu preciso de uma trégua
eu preciso me encontrar

Talvez não esteja perdido
pois saída já não existe mais
Eu sou como o anjo caído
que não pode voltar atrás

Talvez seja o meu destino
contra o qual não devo lutar
Fadado ao desatino
de no Vale das sombras vagar!!!

Inserida por Querin0