Rafael Junger de Castro Medeiros: A grande tolice das massas idiotas e...

A grande tolice das massas idiotas e desprezíveis é esquecer-se do que é importante facilmente, basta existir uma festa, um evento, um “pão e circo” que todos os problemas passam, os corruptos são esquecidos, os erros apagados, ... não existe memória mas sim a esperança de um novo evento. Por isso desisti de lutar contra isso, vejo que é melhor mesmo serem enganados, roubados, ... controlados por mentes superiores, existem verdades que quando ditas podem chocar, mas é uma simples observação da realidade imutavel.

Inserida por junger