Ana Silva: Onde estás? Vivo à tua espera. À...

Onde estás?
Vivo à tua espera.
À espera dos teus beijos quer não recebo.
À espera do amor que não chega.
À espera da vida que não tenho.
Não vivo, sobrevivo;
Sobrevivo à tua espera.

Porém, a espera é em vão.
Os dias passam e tu não vens.
Não vem o teu perfume.
Não vem o teu sorriso.
Não vem o teu olhar.
Não vens… onde estás?

Talvez já tenhas vindo,
e eu não te vi.
Não encontrei no teu perfume,
um perfume de amor.
Não encontrei no teu sorriso,
um sorriso de amor.
Não encontrei nos teus olhos,
um olhar de amor.

Se vieste, não te vi.
Continuo-o assim à tua espera.
Vivo à tua espera.
Sobrevivo à tua espera.
E espero, espero, espero.

Inserida por AnaSilvaaa