Carmelita O. Itacaramby: A descoberta Ao descobrir os teus...

A descoberta

Ao descobrir os teus mistérios,
Tenho vontade de escrever!
Quanto mais extensa for,
Mais tento me envolver!

Desde que te descobrir,
Muita sensação me fez sentir!
O pouco que desvendo,
Cada vez me faz sorrir!
Espero um dia com você,
Minha arte construir.

Teu universo é grande,
Cheio de tantos sinônimos!
Os meus versos,
Expressam este lindo nome!

No diálogo com você,
Desejo dizer,
Que é da palavra que fome,
É a palavra que eu amo!

Inserida por somar