Kléber Novartes: O tempo passou, e como passou depressa...

O tempo passou, e como passou depressa
Mas cada vez que te vejo é como se fosse da primeira vez
Sorriso meio tímido, (é um lindo sorriso)
Roupa comum
Corpo de menina
Cabeça de mulher

O tempo passou, se rastejando entre as horas e os dias
Pedindo um dia sem pensar em você
Pedindo para nunca te esquecer
Pedindo qualquer coisa que te trouxesse ou te levasse de vez
Todos os meus pedidos foram negados

O tempo passou, e revelou-se um novo tempo
Tempo de estudar
Trabalhar duro
Tempo de se aventurar
E de se arrepender
Tempo de recomeçar

Eu estou tentando
Juro que estou
Mas ainda não passei de ensaios
Ensaios cada vez mais desgastantes
Cada vez com mais saudade
Cada vez com menos explicações

O tempo parou,
Parou no dia em que te pedi para ir embora
Parou no exato momento em que você com toda a racionalidade possível disse sim
Parou ... parou...

Volta tempo!!!

Inserida por K.Novartes