Paulo Laet: Quanto mais penso Mais louco estou...

Quanto mais penso
Mais louco estou
Quanto mais fujo
As loucuras voltam
Eu parei de imaginar
Quanto eu quero
Quanto sonhei
Todas as vezes
Que tentei
Que não pude
Que imaginei
Seus olhos
A chorar
Por mais que eu pense
Meu medo me faz
Sempre parar
Agora não tenho coragem
De, pelo menos,
Dizer o quanto
Seria bom
Não consigo falar
Agora me sinto fraco
Tenho medo
De tentar falar
O que eu quero
Pois agora o medo
É meu
De saber
Que sempre
Vou te amar

Inserida por poema