Bernardo Almeida (www.bernardoalmeida.jor.br): Fruto apodrecido A maturidade é cômica...

Fruto apodrecido

A maturidade é cômica
Uma piada mal contada
Estranhamente sem graça
Corrupta e absurda

A maturidade é uma armadilha
Quando passa do ponto
Põe um rei em cada barriga
E atira pedra em cada diferença

A maturidade dá frutos podres
Transmite o vírus da hipocrisia
Que limita a visão propositadamente
Para criticar imprudentemente

A maturidade sentir não consegue
Seu próprio cheiro
Que a nada agrada
Além do seu próprio nariz

A maturidade tem o seu caminho
Que julga único e correto
De horizonte estreito e anacrônico
Que a tudo desdenha em tom irônico

Mas não confunda a maturidade
Com a sua prima sapiência
Que não vira as costas para o seu oposto
Nem se incomoda diante da diferença

Não confunda a sabedoria
Com a unilateral maturidade
Que tudo sabe para si
Em sinônimo de perniciosa vaidade

Bernardo Almeida

Inserida por robertleroy