Cortezolli: Queria não ser de lugar nenhum E...

Queria não ser de lugar nenhum
E pertencer a todos os lugares,
Ser várias pessoas ao mesmo tempo, e todas com histórias diferentes, vivendo de maneiras diferentes
De repente, até o oposto...

Queria explodir de emoção, porque um só corpo não suportaria tanta confusão

Viver e morrer todas as manhãs, como faz o dia, todos os dias

Queria dizer mais do que falo e, ser compreendida, sem que ninguém me entendesse

Queria que os sonhos durassem mais, porque sempre no momento mais excitante o corpo resolver acordar, e nunca se sabe o que poderia ter acontecido...

Queria que quando algo incrível acontecesse, uma notícia ruim não viesse estragar tudo...

Queria que as palavras significassem mais, já que os sentimentos não aprenderam a falar...

Queria que o eu e você não fossem eu e você, mas nós e, que nós respeitássemos o eu e você...

Queria tanto...
E, quero ainda mais...
E mesmo que os obstáculos separassem, que a experiência de haver obstáculos fossem traduzidas em boas lembranças, ao invés de fugir de medo

Queria mais, quero tanto...
Então, deito e durmo para não lembrar
De esquecer que nem sempre podemos o que queremos ter...

Inserida por cortezolli