Gabriela morgão: Talvez as coisas que eu escrevo seja...

Talvez as coisas que eu escrevo seja ilusão de alguém que te amou, que transforma toda nossa história em glamour.
Talvez tu tenhas só me usado mesmo, talvez eu fosse aquela menina que tu sabias que terias em mãos.
Mas a minha incerteza fica naquilo que fazias, algumas ações tuas eram mais que palavras.
Manipulador? talvez.
Talvez, talvez, talvez.

Inserida por gabimorgao