Latumia.: Água do chuveiro “Janelas abertas,...

Água do chuveiro
“Janelas abertas, vento matutino,
Incidi na pele, cujo arrepio, desperta.
Noite quente, no caminho, carros e pessoas.
Nos meus olhos, água derramada, na fase,
Escorrendo pelo corpo, e na minha boca,
O desejo e a ternura.” Latumia(W.J.F.)

Inserida por Latumia