BREAD: O nome dela era Aubrey Não era nem um...

O nome dela era Aubrey
Não era nem um nome, nem uma garota comum
Mas a quem culpar?
Por um amor que não floresceria
Por corações que nunca estiveram em harmonia
Assim como uma melodia que todos conseguem cantar
Se retirarmos as palavras que rimam não há mais significado.

O nome dela era Aubrey
Nós diminuímos a luz e dançamos ao luar
Mas onde estava junho?
Ele nunca chegou
E se chegou, veio em silêncio
Talvez eu estivesse ausente ou ansioso demais para ouvi-lo
Agarrando às palavras e deixando passar o que elas significavam.

Mas Deus, eu sinto falta dela
Eu viraria o mundo mil vezes só para estar
Mais perto dela do que de mim mesmo

O nome dela era Aubrey
Eu nunca a conheci, mas eu a amava mesmo assim,
Eu amava o seu nome.
Eu queria ter encontrado uma maneira
E razões que a fizessem ficar
Eu aprendi a conduzir a minha vida distante das outras
Se eu não posso ter a que eu quero, ficarei sem as outras

Mas como eu sinto falta dela
Eu viraria o mundo um milhão de vezes apenas
Para dizer que ela foi minha por um dia.

Inserida por alineg