Laura Pedrosa: Outra vez, as coisas ficam fora do lugar...

Outra vez, as coisas ficam fora do lugar e por mais que eu persista em tentar coloca-las em seus devidos lugares não tenho sucesso. É frustrante; porém depois de um certo tempo eu acabo me sentindo em casa com essa desordem aterradora que consome meu espaço, prefiro criar um torpor e ali me manter até que naturalmente tudo se encaixe perfeitamente como era antes, e talvez depois disso eu pudesse voltar a meu estado de espírito ideal...seria ótimo não ter que sentir o estupor mais uma vez em minha volta, apesar de considerar ele um escudo para que nada mais afetasse meus problemas neuropsicológicos. Consegue ter a sensação de sentir seus sentimentos se esvaindo diante de seus olhos? Consegue imaginar como é olhar seu reflexo no espelho e não se encontrar lá? Consegue pensar no fato de ser totalmente estranha num mundo de pessoas ‘normais’? As respostas podem fugir como pássaros rumo a o ‘além do horizonte’ e não voltam jamais.
Provavelmente depois desses pensamentos sufocantes, irei me encolher e me calar mais uma vez, porém meus olhos ainda pareceriam gritantes...

JÁ PENSOU EM NÃO MAIS PENSAR?

Inserida por laurapedrosa