Alana de Matos Gama: Te quero do meu jeitinho, no cantinho de...

Te quero do meu jeitinho, no cantinho de minha cama azulada, sem o menor sentido, só sentindo a minha graça flutuando pela cobertor, me dando muito calor, cobrindo a minha vontade, que se alastra pelo meu corpo suado, loucura marcada de um sonho forte que jamais será manchada, por que te quero anjo meu, sem piedade, com a minha louca vontade de te deixar sem descanso, só em meus braços irá flutuar e sentirá o doce pecado que é o amor!

Inserida por LANINHA08052009