Toago Ratinho: BRINQUEDO EM SUAS MÃOS Fui apenas um...

BRINQUEDO EM SUAS MÃOS

Fui apenas um brinquedo em suas mãos
Para assim navegar em min.
Minha tristeza por si só,
Não era bastante para nós dois.
Durante dias me consumi.
E todo tempo se passou.
Eu bobo não percebi.
Que era apenas um brinquedo em suas mãos.
Suas intrigas esqueçi, neste tempo que nos deixou.
Aquele seu beijo dentro do carro compreendi.
Que seria a última imagem em min.
Seu perfume me perseguiu.
E durante o dia todo tentei lhe esqueçer.
Por Deus o que mais deveria fazer.
Oque faço a voçê, se nem ao menos por perto o tenho.
Foge para assim não mais nos ver.
Nossa distancia tornou-se grande.
E assim nossa esperança se foi.
Sonhos lindos vivemos.
E hoje só à dor em min.
Este foi o pecado entre nos dois.
A marca que deixou não foi o mal que me fez.
E sim a dor das palavras ditas em horas de calor.
A que nos fez sentir, chorar, despertar.
Não sou assim perfeito para voçê
Somente desta forma podemos enteder.
Quem não passamos de brinquedos em suas mãos.

Inserida por TiagoRatinho