Elasomogyi: Gostaria de ser normal...Pensar como...

Gostaria de ser normal...Pensar como pensam as outras pessoas. Fazer o que elas fazem. Falar como elas falam, e saber do que falo. Não gostaria de ver outros me olharem, dizendo: “Pobre dela, não sabe do que fala”; “Puxa, como ela sabe?”; “Como ela consegue?” Não sou mais uma criança, eu cresci.
Não quero nada de absurdos, mas sim, normalidades. Sou diferente e da maneira que não gostaria de ser. Estou triste e isso me angustia e me prende.
Não posso confessar, sou réu e ninguém pode me salvar. Não confesso! Vou me enganar até o fim, para continuar sorrindo. Fingirei pra mim mesma.
Direi ao espelho o quanto me orgulho de mim, que bela face vejo todos os dias.
Gostaria de fugir...fugir de mim! Tenho medo de mim mesma...Esconder – se de si mesmo, não é fácil! Guardar segredos de mim, é impetuoso. Explodir não vai mudar minha vida, mas nem quero que minha vida mude...O mundo não me assusta mais, do que eu assusto a mim.
Estou quase desistindo dos sonhos, jogando papéis para o vento...Nem mesmo sei, se já desisti! Escolhi por um instante, deixar o que um dia quis de lado, e optar por algo que excluirá por completo os sonhos que por tanto tempo guardei...e hoje, cansei de sonhar! Tenho saudades de mim....Escolhi por outros instantes, trancar-me como uma abadia definitivamente á distância do mundo, e por outros, me perder completamente.
Eu não saberia ser normal....Nem mesmo aprendi ser anormal. Quem sou em mim? Não me conheço, tão pouco por dentro e nem mesmo por fora. Me perdi em mim...
Que capacidade impiedosa, tenho eu, de fingir ser normal o tempo todo...

Inserida por elasomogyi