Gauber Gomes: E SE EU PAGAR PRA VER Às vezes a vida...

E SE EU PAGAR PRA VER

Às vezes a vida da gente parece uma roleta russa onde não se sabe onde vai estar à bala, porém você tem que puxar o gatilho, você tem que fazer às escolhas mesmo sabendo que vai sofrer as conseqüências a cada segundo alguém puxa o gatilho tirando a vida de qualquer um, até a dele mesmo.
Todo dia acordar sem uma expectativa e sem saber como criar, todo dia imaginar o futuro sem saber como pode ser, simplesmente sentar ali e olhar para algo que só o tempo vai disser. O medo de tentar e falhar e toda insegurança do recomeçar.
Acordar com a dúvida e buscar a respostas em coisas que não podem te ajudar, tentar se apoiar em paredes que podem não suportar, mais será que custa tentar.
Só porque todo mundo diz que vai dar certo, que vai prospera, aumenta ainda mais a expectativa e a vontade de partir pra luta e imaginar que se um soldado morrer a guerra não vai acaba.
Querer um sonho é diferente de senti-lô através da realidade, não abaixar a cabeça e olhar as pessoas de igual pra igual sem subestimar a inteligência dos outros, ter em si só uma ganância de sobreviver sem invejar as coisas alheias.
Lembre-se que um dia todas essas coisas podem ser suas, o mais importante não é ter o poder figurado em dinheiro mais saber o que fazer com ele. Toda aquela ansiedade de ver as coisas acontecerem faz o coração disparar e a vontade de dividir com alguém tira dos nossos olhos o mérito da conquista que passa a ser coletiva.
O reconhecimento é válido quando vem de tudo aquilo que agente considera especial, mesmo que todo mundo aprove, a confirmação só vem quando aquela voz especial diz que sim!
Nem todas as perdas são irreparáveis, pois existem perdas necessárias para que o processo de seleção se renove, passar pelas peneiras da vida e se tornar vitorioso? Em que? O que é ser vencedor? Como se prova o gosto deste remédio milagroso capaz de transformar em segundos milhões de corações.
Vencer é se sentir satisfeito com tudo àquilo que se faça que da certo, mesmo que sejam atos corriqueiros, do dormir até o despertar, enquanto você acordar tem gente que não volta mais.
A primeira lição da vitória e saber perder é aceitar o fato. A segunda lição da vitória é dar a volta por cima, é recuperar-se. A terceira lição da vitória é ser feliz, é agradecer. Toda dúvida exige uma busca, às vezes temos que aceitar mais não somos obrigados a entender o porquê.
Você não quer ser diferente, só quer escrever tua história, tudo que não deu certo é porque não foi tentado ainda, a única maneira de saber onde vai dar e prosseguindo até o final.
A sua dúvida aumenta à medida que crescem os teus conhecimentos, a demora é até que se chegue ao fio da meada, nunca duvide da tua capacidade pegue os teus propósitos e coloque dentro do teu coração e deixa a tua razão te levar, e quando parecer quase perdido o teu coração faz você se lembrar através da saudade de onde deves recomeçar.
As suas palavras têm poder, guardeis e pense bem em como vai usar, jamais deixe o amargo do silencio em tua boca, de as tuas respostas a ti, pois às vezes quem está em duvida é o nosso corpo.
A ajuda vem de simples toques, não deixe que desmascarem o sabor da descoberta nem os desejos de saber como vai acontecer. Ajudar demais também atrapalha, constrange e faz a vitória apenas uma obrigação.
Desejo todas as coisas do mundo mais só posso ter aquelas que são minhas, e nenhuma delas não são minhas até que provem ao contrário, e que ninguém tente me convencer, pois isso pode levar a minha vida inteira.

Inserida por Gauber