Luciana Horta: Sonhos Sonho acordada e dou asas à...

Sonhos


Sonho acordada e dou asas à imaginação, viajo pra longe, mesmo sem tirar meus pés do chão.

Sonho dormindo e, neste caso, minha alma parece me acompanhar.
Algumas vezes me lembro dos sonhos que tive durante o sono, logo quando acordo. Tudo reaparece de uma maneira tão nítida, que sou capaz de relatar os mínimos detalhes. As cenas ora são refeitas a partir do que vivi, ora são construídas a partir dos meus desejos.

Hoje me encontro ainda em transe, por ter vivido uma cena que foi construída nos meus sonhos. De tão desejada e esperada, tenho a sensação que a cena continua sonho e não realidade! Doido isso né? Acho que preciso de um beliscão!

Ao mesmo tempo é como se a cena vivida fosse uma bolinha de sabão: vejo-a, mas tenho receio de tocá-la e acabar por estourá-la e ela voltar a ser sonho... Aí não faço nada em direção a bolinha de sabão, fico sem ação, inerte: passo a ocupar o lugar de expectadora e não de protagonista.

Mas como continuar apenas olhando a bolinha de sabão? Não, não. Preciso tocá-la, mesmo que ela estoure!

Senão, acabo sonhando muito e dormindo no ponto...

Inserida por LUCIANAHORTA