Luciana Horta: O que hoje está ocupado, um dia esteve...

O que hoje está ocupado, um dia esteve vazio e só...

Um ventre
Uma casa
Um vaso
Uma mente
Um copo
Uma cama
Uma semente...

Com a intenção de preencher os vazios, muitas vezes nos envolvemos ou mantemos relacionamentos com pessoas com as quais temos pouca afinidade ou muita comodidade, aceitamos ficar ou ir a lugares onde na verdade não gostaríamos de ficar nem de ir, andamos de lá pra cá como baratas tontas ou dormimos além da conta.

O que mais tenho sentido e ouvido as pessoas falarem é: sinto um vazio enorme dentro de mim! Que lugar mal assombrado é este que tanto nos faz repugná-lo e que por mais que a gente lute, um dia, em algum momento das nossas vidas, acabamos caindo nele? Será tão mal assombrado assim?

Agora, neste momento, tricoto palavras porque estou tentando suprir esta sensação de vazio...
E, a cada frase concluída, o vazio fica menor, porque dá lugar a sensação de CRIA-ção.

E, o que um dia esteve vazio e só, hoje, agora, neste momento, está ocupado...

Uma criança
Uma planta
Uma idEia
Uma esperança...

Inserida por LUCIANAHORTA