Soélis Sanches: QUANDO O AMOR SE VAI. Quando o amor se...

QUANDO O AMOR SE VAI.



Quando o amor se vai, parte de nosso mundo desaba, e o que nos resta ?

Quando o amor se vai, o mundo de nossos sonhos e fantasias vai junto com ele, certamente, nos restará a lembrança e a saudade daquilo que marcou nossa vida, e hoje partiu !

Uma angústia invade nossos corações, lágrimas sempre teimam em rolar, aquelas canções de outrora tão maravilhosas, hoje perderam seu romantismo, aqueles filmes de comédias que faziam a gente rir juntos, hoje não tem sentido e nos fazem chorar.

Será que quando o amor se vai, o mundo realmente acaba para quem fica com a dor das lembranças e da solidão ?

Mas, será que se pensarmos e observarmos com cuidado não iremos perceber ao nosso redor que tudo na vida se
renova ?

Ora, nós somos capazes de amar quantas vezes preciso for. Não podemos deixar nos abater por aquilo que não nos desejou e seja capaz de abalar-nos e acabar com a nossa alegria.

Levante-se !!!

Erga seus olhos, observe as maravilhas ao seu redor, sinta o perfume das rosas, a beleza dos pássaros entoando canções, o cheiro gostoso da terra molhada e o revoar das borboletas.

Porque se deixar abater por algo que não te mereceu ?

O grande segredo da vida é recomeçar, passar a enxergar as novas amizades, mudar a maneira de vestir, frequentar o shopping, jogar boliche, e, sobretudo, aprender a sorrir novamente ...

Quantos amigos que você abandonou e estão esperando o seu regresso ?

Busque-os !

Quantas belezas que estavam à sua volta e você não
notava ?

Então, vamos recomeçar por hoje, ligue para aquele amigo ou amiga que há muito tempo você abandonou e chame-o para passear, para fazer “fofoca”, para pedir desculpas, chame-o para falar de vida.

Quando o amor se vai, não corra atrás dele, deixe-o partir, afinal, talvez ele que não era digno de você.

Quem sabe quem perdeu não foi você ?

Quando um amor se vai, tenha certeza que outro melhor virá.

Inserida por Tamollina