Ana Flávia Corujo: Para todo sempre! Nos encontramos, nos...

Para todo sempre!

Nos encontramos, nos encantamos, nos apaixonamos, nos conquistamos, nos respeitamos, nos amamos, nos perdemos, nos sufocamos, nos desrespeitamos, nos separamos, nos perdoamos, nos reconquistamos, nos repulsamos, nos toleramos, nos apaixonamos, nos distanciamos, nos reaproximamos, nos cortejamos, nos apoiamos, nos ajudamos e nos perguntamos todos os dias “que amor é esse?” - que arde, que queima, que atrai, que machuca, que acalma, que constrói, que destrói, que nos faz sorrir e ser mais tolerantes e melhores todos os dias, fazendo-nos acreditar que o para todo sempre pode ser até amanhã ou para sempre!

Inserida por acorujo