Alana de Matos Gama: Ao sentir o amor fluir não sei se eu...

Ao sentir o amor fluir não sei se eu estava afim de dizer o que em meu coração sentia,eram apenas palavras de amor, que fizeram de mim uma mera prisioneira, perdidamente apaixonada,que em seus braços me entreguei sem piedade, lavei meus olhos em tua boca deixando cair todo o mel que em minhas palavras ditas com a pureza de um olhar atravessando as barreiras de tuas mãos que acariciavam o meu rosto que em um doce toque já estavámos nos beijando perdidamente apaixonados.

Inserida por LANINHA08052009