Elivieira: Pra sempre Espero o que quero encontrar...

Pra sempre

Espero o que quero encontrar
por isso espero...
Cedo ou tarde, não importa
O tempo é instável pelo tempo que se foi
A árvore que floresceu ainda pode ser contemplada
As flores surgem e delas sementes restarão
e por elas outras árvores nascerão
Espero, porque acredito...
E no desabrchar de cada flor
esperanças de belezas e explendor
Tudo junto? sim espero...
Se conheces o infinito
reconheces o meu amor
Lembranças e sentimentos
não são apenas irreal
O que quero e acredito
na vida que encontrarei
Em outra vida, eu já sei!
Mas espero...
Vejo através da chuva
porque sei pra onde vou
Mas espero o cair da tarde
na busca constante por esse amor
E a brisa que te esconde...
A espera, é uma reta e as curvas
o aconchego desse amor.

Inserida por elivieira