Elivieira: Eterno amor Eterno por simplesmente não...

Eterno amor

Eterno por simplesmente não morrer
completa-se com o sol ao alvorecer
assemelha-se a eclipse no prazer
esconde-se entre lágrimas e um viver

Sobrevive entre o lembrar e o querer
soberano sem deixar transparecer
o destino encarrega-se de esconder
e o desejo resolve reflorescer

a saudade desse amor faz sofrer
o silêncio temeroso anoitecer
melodias de um amor a merce
sentimentos revelados no prazer

amar como se ama o alvorecer
na tristeza sofre um entardecer
esperanças se renovam ao nascer
novo dia sem promeças e sem você

Inserida por elivieira