Edson Bueno de Camargo: sempre por amor se matou e se deixou...

sempre por amor
se matou e se deixou matar
e assim será por séculos e séculos

Inserida por camargoeb