Edson Bueno de Camargo: o poeta e o louco da aldeia tem o mesmo...

o poeta e o louco da aldeia tem o mesmo destino
de acreditar que insensatez é verdade
de ter poder de criar mundos com palavras
melhor o palhaço que faz rir
e ri de todos
guardando o choro para o escondido das cortinas

Inserida por camargoeb