Marques Bueno: “As flores” Como não falar de seu...

“As flores”


Como não falar de seu perfume perene, inebriante presente, dádiva encantadora, desordem inocente.


Como não falar da alegria de seu desabrochar, abrindo os braços para encantar.


Como não falar do encanto que elas dão aos pássaros, sublime canção inolvidável.


Como não falar de sua lembrança em datas festivas, uma rosa, um beijo.


Como não falar das primaveras, histórias cativantes, juízos perdidos, amantes felizes, belos romances.


Como não falar da sua eminente beleza, pedaço do céu, pacato trabalho, nobreza.


Como não falar das flores, se foi através delas que descobri seu nome.

Inserida por MARQUESBUENO