BrendaOliveira: Dia de neblina Novidade com rotina...

Dia de neblina
Novidade com rotina
Lembranças tão vagas
Sentires tão confusos
Pensamento vagando
Sei que as vezes sem querer
Olho para trás
Para ver se o passado continua em seu lugar
E ter a certeza de que não está me seguindo novamente
Cansei do caminho que me suga
Cansei porque não me leva a lugar algum
São apenas circulos
E eu me encontro sempre no mesmo ponto
São sempre as mesmas interrogações
Algo não está no seu lugar
As minhas vontades estão aqui
Gritando dentro de mim
A minha natureza não aceita esse estado tão inerte
Essa coisa que não mexe com meus sentidos
Sei que falo de tanta coisa ao mesmo tempo
Sei que sou assim tão misturada
Sei dos meus quereres se fundindo, se partindo, se querendo ainda e nunca mais
As vezes sei que nem caibo em mim, me estrapolo, me derramo
Mas o que fazer com esse meu ser, é assim que sou.

Inserida por BrendaOliveira