Julio Aukay: E os limites da minha ignorância se...

E os limites da minha ignorância se perdem na minha imaginação e me aprisionam em meu caminho árduo com obstáculos e a minha sabedoria se esconde entre as dificuldades e os obstáculos.
Não conheço meus próprios limites e são inevitáveis os moldes do amor e da loucura se fazendo certo com a perplexidade.
Propaga-se infinitamente com sabedoria em superar os sentimentos de ignorância que tentam confinar o coração.

Inserida por JULIOAUKAY