Jaak Bosmans: Sou Sou aquela pequena explosão...

Sou

Sou aquela pequena explosão estrelar
Multicolorida aos teus olhos ingênuos
Multi dolorido pelos sonhos desfeitos.

Sou a estrela cadente que alegra os teus desejos
Decadente em cada lágrima que te fiz derramar
Deslizando sem rumo na infinita escuridão.

Sou feito de brinquedos verdadeiros
Perfeito nos gestos desastrosos
De todos os dias que ainda me restam.

Sou todas as cores vivas já desbotadas.
Revelando apenas o branco de meus desejos
E o negro dos teus nobres despejos.

Sou ainda um pouco de esperança
De poder te encontrar numa dança
De novos acordes, ritmos perdidos

E a melodia que sou!

Jaak Bosmans 14-12-08

Inserida por JaakBosmans