Antonio Pereira (Apon): A Pedra O distraído tropeçou nela. O...

A Pedra

O distraído tropeçou nela.
O violento a utilizou como projétil.
O empreendedor a usou para construir.
O camponês, cansado, transformou-a numa cadeira e se sentou.
Para as crianças, foi um brinquedo.
Davi a utilizou para matar Golias.
E Michelangelo a transformou na mais bela das esculturas.
A diferença não está na pedra, e sim no homem.

Nota: Versão adaptada do texto "A Pedra" de Antonio Pereira (Apon)

Inserida por NBardot