Eduardo Manuel C.C P. Franco: Minha mãe Mãe natureza Fonte de vida...

Minha mãe
Mãe natureza
Fonte de vida
Meu estado de pureza

Cresço em ti
Perdido na idade
Dá-me o teu amor
Oferece-me a eternidade

Vivo nos teus braços
Alimento-me do teu leite
Sorrio para o prazer dos teus olhos
Vendo-me por ti aceite

Perdoas o que faço
Quando te envelheço e torno-te febril
Não vês sina nem pecado
Mas um desejo que repetirias por mil


- www.Palavras_sem_fim.blogspot.com-

( Download do livro da poesia aqui escrita em: http://www.divshare.com/download/3789670-1f9 )

Inserida por Dadof