One Tree Hill: “Out of the night that covers me,...

“Out of the night that covers me,
black as the put from pole to pole,
I thank whatever Gods may be,
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circmstance
I have not winced on cried aloud
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed
Beyond this place of wrath and tears

Looms but the horror of the shade
and yet themenace of years
Finds, and shall find, unafraid
It matters not how strait the gates

How charged with punishments in the scroll
I am the master of my fate
I am the captain of my soul”
(William Ernest Henley)
TRADUÇÃO:
Lucas: “Dentro da noite que me cobre
Negra como as Profundezas, de um pólo ao outro,
Agradeço aos deuses, se é que existem,
pela minha alma indômita.
Nas garras ferozes das circunstâncias
Não me encolhi, nem fiz alarde do meu pranto.
Golpeado pelo acaso,
Minha cabeça sangra, mas não se curva.
Longe deste lugar de ira e lágrimas
Só assoma o Horror da sombra,
Ainda assim, a ameaça dos anos
Me encontra, e me encontrará sempre, destemido.
Não importa quão estreita seja a porta,
Quão profusa em punições seja a lista,
Sou o mestre do meu destino.
Sou o capitão da minha alma.”

Inserida por usuario79670