Vinícius Cosmo: Ei, Eu tenho fórmulas. Equações e...

Ei,



Eu tenho fórmulas. Equações e algumas resoluções para tuas aflições.
É complicado dizer, mas eu sei o que você passa, eu sei aonde dói, e aonde te dá prazer.
Sei quais são as palavras certas pra que você derreta e queime. Se bem que quando você queima, eu vejo teu interno. É tão escuro, muitas vezes eu me perdi. Me perdi na procura, no ânseio de te ter ao meu lado, no desespero de beijar seus lábios, aqueles velhos lábios traiçoeiros que me levaram à ruína.
Ah.. se bem que quando você toca meu corpo, eu sinto teu coração pulsar. É como se fôssemos meio a meio e nos completássemos, só com o toque. Sei também quais são teus medos, medo de perder, de morrer, medo do escuro e dos pesadelos que te fazem suar o cabelo. Sei até como você chora: sua garganta fecha, dando uma coçerinha, os olhos ficam avermelhados e no exato momento teu rosto enche de lágrimas.
Sei até o que você pensa, e deixa de pensar. O que você faz e deixou de fazer ontem, por causa daquela chuva que avacalhou teus planos. Sei até onde teus passos são capazes de chegar, e sei que não chegam tão longe. Ei, garoto, sei até como se veste, como se penteia, como acorda, com aquela cara inchada. A questão é o que você diz, eu penso, e o que você pensa eu falo.
Tens medo?
Medo de si, ou de mim? Ou de nós. (?)

Inserida por viniciuscosmo