Ju Vieira: Hoje, em meio a meus pensamentos, me...

Hoje, em meio a meus pensamentos, me peguei pensando em você. Comecei a pensar como tudo começou, comecei a lembrar tudo àquilo que você me jurou, comecei a lembrar de quando você realmente me amou, comecei a tentar entender o porquê que tudo entre nós acabou.
Era você quem me fazia feliz, era você que eu amava sempre mais, era você aquilo que eu sempre quis, era você que eu queria sempre mais...
Por mais que eu tente aceitar, não consigo me enxergar sem você. Eu não sei por que isso aconteceu, mas eu já sofri o bastante para entender que eu preciso de você pra viver, pra viver feliz.
Sem você eu não vivo, apenas existo. Sem você nada faz sentido, sem você eu não encontro a minha razão.
Você jurou que eu não precisava ter medo, lembra? Pois bem, eu confiei em você! Dei-te a chance de entrar na minha vida; de fazer parte da minha história, da melhor parte da minha história. Entreguei-lhe o meu coração e você o deixou em pedaços. ;~
Eu sei que te magoei, admito que errei! Mas e você? Será que você não percebe tudo o que fez pra mim? Eu nunca deveria ter acreditado em você, e em suas promessas (não cumpridas)! Talvez, assim eu teria sofrido menos.
Mas não! Eu deixei a ‘voz do coração’ falar mais alto que a ‘voz da razão’. Fechei meus olhos para a realidade, e só abria-os para o que você dizia... aquilo que seria verdade, que eu queria que fosse verdade.
Que eu realmente não precisava ter medo, que ia ser tudo diferente, que por você eu nunca ia sofrer.
Mas você fez como todos os outros, e eu que pensei que não seria a mesma coisa...
Por mim, nada disso teria acontecido, e eu não iria precisar estar escrevendo aqui, agora; não iria precisar chorar por você como tenho feito ultimamente; não iria precisar mudar a idéia sobre quem você era, quem eu imaginei que você era.
Eu não vou interferir na sua decisão. Voltar seria uma boa, sim! Mas não vou implorar sua piedade. Acho que já me humilhei o bastante...
Só espero não estar me iludindo demais, querendo acreditar que ainda pode não ser tarde pra voltar a traz!

Inserida por juvieira