Henrique Borges: Pouco a pouco, a gente se estraga a...

Pouco a pouco, a gente se estraga
a felicidade vai em bora
e nos resta um simples vazio
que muito dificil conseguimos preencher.
Os amigos de antes não são mais os mesmos
a ingenuidade ficou pra trás
a tal esperteza de sermos adultos,
é o que há no momento.
O sorriso de seis anos atrás não se repetirá
a não ser que queiremos mudar.

Inserida por hmrqbr