Clarice Lispector: Dá-me a tua mão desconhecida, que a...

Dá-me a tua mão desconhecida, que a vida está me doendo, e não sei como falar - a realidade é delicada demais, só a realidade é delicada, minha irrealidade e mi... Frase de Clarice Lispector.

Dá-me a tua mão desconhecida, que a vida está me doendo, e não sei como falar - a realidade é delicada demais, só a realidade é delicada, minha irrealidade e minha imaginação são mais pesadas.

Clarice Lispector , A Paixão segundo G.H. Rio de Janeiro: Editora Rocco. 1964.
Inserida por gabrielaalves